Diretoria e Missão

Foto da Reunião de fundação da AESSA. Em pé: João Batista, Padre Demerval, Padre Otaviano e Chico Rolla. Assentados: Brinati, Vicente Araújo, Genaro Grossi (in memorian) e Aloysius

 


 

Missão

Nossa missão está baseada nas sugestões apresentadas na última Assembléia da Associação, tendo em vista as atividades que esta poderia desenvolver para consolidar-se e realizar seus objetivos estatutários:

1.  Em relação à espiritualidade sacramentina:
1.1. expressar o ideal julimariano no mundo de hoje;
1.2. aprofundar o conhecimento da mística sacramentina: espiritualidade, simplicidade, honestidade;
1.3. ir além da convivência gratificante e criação de uma mística para enfrentamento da ditadura da mídia, por exemplo;
1.4. mística: o ideal da Congregação Sacramentina;
1.5. disseminar a visão atualizada do apostolado julimariano, principalmente na doutrinação cristã católica operativa;
1.6. mística: manutenção e ampliação dos princípios cristãos sacramentinos;
1.7. atualização do ideário julimariano;
1.8. redimensionar pensamentos e idéias;
1.9. espiritualidade e religiosidade; não nos distanciarmos da Congregação;
1.10. criar comunidade; eucaristizar a vida.

2. Em relação às funções da Associação:
2.1. Integração do grupo de ex-seminaristas e amigos;
2.2.interação entre os familiares dos associados;
2.3. ajuda e apoio àqueles que convivem conosco e estão em situação menos privilegiada;
2.4. o objetivo ou foco: amizade, encontros, interação; priorização da Associação;
2.5. convivência; manter acesa aquela chama da integração, fraternidade, coleguismo, família e disciplina.

3. Em relação à inserção no mundo:
3.1. Testemunho dos valores do Evangelho no mundo;
3.2. trabalho social; união e ação: atendimentos sociais;
3.3. participação na organização da sociedade civil, voltada para a democratização da informação; prevalência do trabalho sobre o capital; valorização integral da pessoa humana (ênfase nos jovens e mulheres);
3.4. Participação na vida social e política.

4. Em relação aos meios:
4.1. Criar página na internet e elaborar um jornal eletrônico;
4.2. Criar um boletim mensal.

 


Very few watches can claim that. Rolex offered a significant bracelet upgrade for its newest generation Rolex Submariner replica watches uk models. The most important elements of the upgrade are the bracelet's profile and ability to be micro-adjusted. More on that in a second. For years, the Rolex Submariner replica watches uk bracelet was a three-link tapering steel bracelet. Tapering means that the lugs replica watches uk get narrower closer to the deployant clasp. This actually helps the bracelet be more comfortable, and visually makes the case look a bit larger. Few brands make bracelets with tapering links because it increases the numbers of part types they need to produce to replica watches uk make them. Though I recommend tapering bracelets when they are available. For many years, Rolex replica watches deployant clasps stuck out awkwardly under your wrist. With the newest generation bracelets, they offer a much more clean profile - which was a welcome improvement.